Início Post 1035-cap-17

1035-cap-17

Capítulo 17: Vida Luxuosa na Prisão (4)

Sem mencionar, houve pequenas mudanças no horário dos guardas, o que tornou ainda mais difícil para mim visitá-lo. Então agora. Eu estava esperando a vez de Han supervisionar este lado da prisão.

Francamente falando, como Hans e eu estávamos mais próximos do que antes, ele tende a ignorar mais coisas do que os outros guardas. Além disso, posso suborná-lo facilmente com cigarros de alta classe.

“Olha, o chão secou rapidamente. Oh meu Deus! Quando o calor do sol é muito forte, ele se torna o inimigo da pele. ”

“A pele de Sally é branca o suficiente, no entanto.” Eu disse e sorri para ela, que estava andando ao meu lado. Ela era uma prisioneira situada em uma sala próxima.

“Bem.” Ela sorriu. Seus cabelos ruivos e as leves sardas no rosto a faziam parecer charmosa e fofa.

“Em dias como esse, quero derrotar meu irmão que me colocou no lugar dele.”

“Ele merece.”

O irmão de Sally desviou impostos, mas ele não pôde ir para a cadeia porque era o ganha-pão da família, então eles decidiram enviar alguém com seu sangue, e essa era sua irmã, Sally.

“Receio que, se eu voltar, ele não conseguirá salvar a terceira perna. Certamente cortarei.”

– …Bem, Sally, pense bem, mesmo estando aqui, você se aproximou dos cavaleiros. Sua estadia aqui não é tão ruim assim.

Suas palavras foram tão intensas. Graças a seu irmão, que de repente se meteu em problemas, a jovem, que estava prestes a se casar, teve seu sobrenome retido, em vez de mudá-lo para o sobrenome. Talvez por isso ela estivesse com tanta raiva de ser presa.

Eu estava prestes a voltar quando ela agarrou meu pulso. Oh meu Deus, os guardas podem reclamar desde que estivemos fora por duas longas horas.

“O que é isso?”

Ela abriu largamente os olhos redondos como se tivesse visto uma coisa horrível. Eu me perguntei o que havia de errado, então segui seu olhar e imediatamente abri meus olhos de surpresa.

Um grupo de pessoas estava andando do outro lado do jardim.

“Não é um guarda de nível médio?”

Entre os guardas, havia um vestindo um terno azul, o que indica que ele era um cavaleiro de nível médio.

Devido à natureza de Kambrakam, vários prisioneiros não foram autorizados a se reunir durante sua caminhada, a fim de impedir qualquer tentativa de fuga. Além disso, os prisioneiros não se importam com pequenos criminosos e alguns aristocratas preguiçosos, e é por isso que é raro ver muitos prisioneiros aglomerando-se assim.

Logo descobri uma figura relativamente pequena entre a multidão.

Era Ricdorian.

“Ei, isso é um pano familiar …” Ele estava segurando o xale que eu havia lhe dado na minha última visita e estava parecendo um filhote de cachorro assustado a partir do momento.

“Eles estão andando?”

“Acho que sim.”

Fiquei surpresa com o curso de ação de Lenag. Ele disse que quando a chuva para, Ricdorian poderia passear. O engraçado é que eu não esperava que ele fizesse isso tão cedo.

Logo olhei para Ricdorian com olhos contraditórios… Que tipo de caminhada é essa? Isso é loucura!

Ouvi murmúrios dos outros prisioneiros e também, há muitos cavaleiros de guarda preparados para o caso de ele fazer um movimento errado.

Além disso, todos os homens que cercavam Ricdoriano pareciam masculinos e fortes. Embora ele estivesse incomumente fisicamente apto para um adolescente de 16 anos, o número de guardas ao redor dele é demais. Não é demais para apenas uma caminhada?

“Isso não é uma caminhada, é apenas um minuto antes do linchamento.”

Eu olhei para eles com uma leve carranca.

“Concordo.”

Amaldiçoei Lenag na minha cabeça pelo que vi. Ele realmente não se importa com esse jovem prisioneiro. Ricdorian pode ter desenvolvido claustrofobia durante sua prisão e pode ser a razão pela qual ele está agindo assim.

Além disso, eu nunca o vi lá fora desde que entrei neste romance, e esta é provavelmente a primeira caminhada que ele fez dentro do Kambrakam, mas tudo acabou como uma performance de passeio de macaco.

Eu continuava amaldiçoando Lenag em minha mente, mas percebi que, não importa quantas vezes o amaldiçoasse, ele já tinha sua parte justa no acordo. Ele deixou Ricdorian sair, mas… a caminhada parece sufocante. Eu não posso suportar isso.

Até onde eu sei, parece que Lenag e Chaser se deram bem com Ricdorian. O que foi muito visível.

Muitos prisioneiros cochichavam tentando descobrir o crime de Ricdorian. Eu estava reunindo todas as ideias e desculpas em minha mente para poder ir em direção a ele, mas, percebendo a série de eventos ocorrendo, hesitei um pouco.

Por causa disso, estou confusa se seria capaz de me aproximar dele. Não estou confiante em atravessar essa multidão. Além disso, eu estava meio preocupada porque não sabia se ele era uma fera ou uma pessoa racional neste momento. Olhando para eles, não sei mais o que pensar.

Mas de repente, nossos olhos se encontraram.

Seus olhos azuis me seguravam, e eu podia vê-lo tremer, mesmo quando eu estava deste lado do jardim, que não ficava longe dele.

“Lana, Lana, isso é uma corrente, certo?”

“Sim, parece que sim.”

E a maneira como ele se encolheu… eu sabia! Ele não é um animal agora, ele é uma pessoa racional.

“… completamente contido e suprimido.”

Ele usava um cinto no pescoço, algemas no pulso e nos pés. A corrente presa ao cinto em seu pescoço foi segurada por um guarda próximo a ele. E podia-se perceber que eles estavam transportando ele e não uma caminhada.

“Acabei de perguntar ao guarda sobre esse prisioneiro, e ele disse que é um criminoso mágico.”

Ah. Eu respondi inexpressivamente.

Os prisioneiros que se aglomeravam naquele momento foram embora, um por um. O que é uma coisa boa, porque diminuiria a asfixia que Ricdorian pode estar sentindo agora.

Sally, que estava apertando meu braço, foi a outro prisioneiro chamado Egeu quando eu mostrei uma pequena resposta. Eu fui deixada lá sozinha e dei um passo enquanto olhava para Ricdorian. Eu estava tentando me aproximar dele.

Diabos!

O que aconteceu me fez piscar os olhos. O que é isso? Como ele pode?!

Ricdorian virou as costas para mim.

“O que…”

Eu olhei fixamente para as costas de Ricdorian, que estava andando rápido.

Ah, prisioneiro! Ei! Desacelere…”

Os guardas seguiram seus passos rápidos e quase caíram enquanto tentavam acompanhá-lo. Eles também pareciam não estar de bom humor.

Assim que meus olhos se encontraram com os dele, Ricdiorian apressadamente fugiu.

“… por que ele está fugindo?”

De repente, fiquei cheia de vergonha. Eu me senti repugnante. Como ele pode tratar alguém, que o deixou caminhar assim ?!

É a única oportunidade que ele terá em que um vilão concordou em deixá-lo desfrutar de sua liberdade e respirar um pouco de ar fresco fora de sua cela.

O que há de errado com ele? Inclinei minha cabeça para me questionar e logo virei as costas. Estou tão confusa agora.

Não sei por que isso está acontecendo. E eu definitivamente vou perguntar a ele sobre isso.

*****