Início Post 1047-cap-29

1047-cap-29

Capítulo 29: Visitante Indesejado (2)
Enquanto olhava um pouco, vi Ricdorian me agarrar, com os olhos confusos. Para um animal, ele parecia confuso. Era como se ele não quisesse me perder de vista.
“Eu não estou indo a lugar nenhum. Apenas espere um minuto.”
Ele era como um cachorro que instintivamente sentiu seu dono desaparecendo ou deixando-o, mesmo assim, ele balançou a cabeça e chorou.
“Arrrfffff … Arffff.”
“Hã? Bom garoto. Espere aqui.”
Falando com firmeza, ele pode não estar usando o colar de redenção agora, mas senti seu poder diminuir lentamente. Tirei os dedos restantes que me agarravam e quando estava prestes a puxar o último dedo, parei abruptamente.
Foi porque de repente a mão dele me segurou. Mas foi um toque muito cauteloso. Apenas o suficiente para segurar as pontas dos dedos. Eu olhei para ele e vi um rosto muito vermelho no meio daquela aparência sangrenta.
“Onde ir…?”
Os olhos lacrimejantes me encararam, com lágrimas nos cantos que pareciam provar que ele estava passando por um estado doloroso.
“… não vá …”
Olhei para minhas mãos com um rosto desorientado. Não sei o que fazer com esse bebê chorão, apesar de perceber por que ele está chorando agora. Ugh! Eu não posso lidar com ele.
É injusto! Não suporto esse olhar em seu rosto. Posso ceder.
Eu nem estava tentando fugir dele. Então fechei meus olhos com firmeza, exalei profundamente e disse …
“Eu voltarei.”
“Mesmo..?”
Eu sempre soube que promessas são feitas para serem quebradas, mas não há mais nada que eu possa fazer neste momento. Eu precisava tratar suas feridas e não posso fazer isso sem nenhum kit de primeiros socorros.
“Você conhece o juramento do mindinho? Eu prometo. Pendure os dedos.”
Coloquei minha mão em seu dedo mindinho. Talvez seja um movimento que ele desconhece, mas ele simplesmente olhou para mim e me deixou fazer.
Logo, senti como se alguém estivesse vindo, então dei um passo para trás e virei as costas. E o garoto, que caiu trás, mexeu-se, mas havia algo mais urgente.
Chocalho.
Abri a cela e entrei para ver Hans, que me encarou com um olhar levemente surpreso com a boca aberta.
“Senhor, você tem algum medicamento aqui …” Perguntei a ele sobre algum tratamento, mas fui imediatamente interrompido.
“Não. Não.”
Não importa quão gentil seja um guarda. Um guarda sempre será um guarda. Mordi meus lábios com a resposta dele. Então eu apaguei a lâmpada e corri rapidamente pelas escadas.
“Iana? Você já está indo embora?”
“Sim, mas voltarei em um instante!”
O ferimento de Ricdorian era muito grave. Será que vai cicatrizar rápido? Só eu que sabia, a ferida ficaria melhor em algum dia e que ele deveria encontrar a heroína nesse tipo de condição. Mas não gosto de vê-lo ferido e sangrando. Não gosto que ele sinta dor.
Para onde devo ir? Onde devo pedir ajuda? Lenag? Não, definitivamente NÃO! Ele pode já ter saído a negócios pessoais. Não sei se ele voltaria assim que lhe pedisse ajuda sobre Ricdorian.
“Haaaaa! haaaaa! ” Eu estava sem fôlego quando cheguei no meu quarto e procurei por toda parte, mas não havia nada que valesse a pena usar para tratar as feridas de Ricdorian. Claro, já que nunca havia pedido remédios antes.
Ao olhar rapidamente pela minha mesa, lembrei-me da carta em branco que meu irmão sempre enviava para mim.
Sim, a carta!
Então, eu rapidamente levantei a caneta.
[Me envie um remédio. O melhor para tratar feridas!]
Foi a melhor coisa que eu poderia fazer agora. Pois não havia remédios nem ataduras disponíveis no meu quarto. Somente necessidades básicas são dadas a nós.
“Eu não quero usar cocô de cachorro como remédio.”
Há muito tempo, as ataduras eram proibidas dentro da prisão, porque eram usadas como meio de fuga e automutilação. Claro, havia pacientes aqui e havia uma sala médica para esses pacientes. No entanto, mesmo se eu for à enfermaria, é proibido tomar ervas ou remédios fora da enfermaria.
Havia um homem que tentou roubar comprimidos para dormir da enfermaria e ele foi colocado na cela mais estranha de todos os tempos!
Logo bati em uma porta e chamei o guarda que estava guardando a sala.
“Ei, a carta. Posso enviar hoje? É urgente.”
“Você pode. Hoje é o dia em que enviamos as cartas em massa. ”
Tudo certo! Bom momento! Foi realmente útil se dar bem com os guardas.
Todos os dias, eu costumava perguntar ao guarda sobre pacotes para mim e hoje ele se aproximava alegremente de mim.
A carta foi entregue imediatamente naquela noite e, surpreendentemente, apenas dois dias depois, chegou um pacote.
“Uau, meu Deus.” Abri minha boca com o que vi.
Foram entregues vários remédios em frascos de cristal que pareciam muito caros, embora eu não conhecesse esses vários remédios e ervas. Obviamente, esse foi um item que deveria ser obtido com o chefe da prisão, mas, devido à sua ausência, foi o gerente do diretor que me entregou.
Ele parecia ter um olhar desconfiado, mas não me perguntou nada. Acabei de inventar palavras e disse ao gerente geral que Lenag me disse para cuidarem bem de mim. Além disso, eu não tinha tempo para ele, então virei as costas às pressas e sai, fingindo estar calma.
“Estou com pressa.”
Corri rapidamente para a cela de Ricdorian. Como já se passaram dois dias, minha mente estava extremamente perturbada. Não posso deixar de me sentir inquieta nos últimos dias.
Hans me deixou entrar casualmente, trazendo comigo uma linda bolsa com remédios para dentro… não havia sinal de surpresa ou vergonha nele quando nós dois nos familiarizamos. Embora Hans soubesse como Ricdorian é, ele ainda não estava em estado de agitação ou preocupação. O trabalho dele não é saber o estado do prisioneiro.
Quando entrei na sala, fiquei pasma, porque vi algo de Ricdorian que não deveria ter visto, considerando que sou apenas um personagem secundário deste romance.
Isso significa que isso aconteceu o tempo todo.
Eu só sabia que tipo de passado o protagonista tinha ao ler o livro, mas era diferente ser capaz de vê-lo bem na frente dos seus olhos.
Tenho certeza de que vim aqui com pressa, sabendo que ele vai melhorar um dia… mas…
“…quem quem?”
Quando levantei a lâmpada, pude ver a figura de um garotinho vacilante.
“Sou eu.”
*****