Início Post 1641-cap-27-capitulo-27

1641-cap-27-capitulo-27

Capítulo 27: Prejudicando sua Autoestima

Cedo na manhã seguinte, o telefone de Su Le tocou
quando ela saiu da cama. Ela coçou o cabelo bagunçado, que
parecia um ninho de pássaro, enquanto atordoada atendia a
chamada: “Olá”.

Quando Wei Chu ouviu seu tom grogue, ele permaneceu

discreto e a cumprimentou educadamente. Sabendo que a outra
parte ainda estava meio dormindo, ele deu uma risada baixa,
“En, sou eu. Você ainda não acordou?”

“Huh?” Depois de ouvir uma voz tão familiar, os olhos de

Su Le instantaneamente se arregalaram e ela rapidamente olhou
para o relógio pendurado na parede. Ela tossiu secamente, “Wei
Chu, ah, espere um momento. Eu irei descer agora mesmo.”

Como iam a um churrasco, não era adequado usar vestidos

ou salto alto. Su Le mudou rapidamente de roupa e calçou
sapatos de lona antes de sair de casa.

Wei Chu ficou um pouco assustado ao ver Su Le, que não

usava maquiagem e não estava com seu vestido, salto ou bolsa
delicada, correndo em sua direção. Só quando Su Le se
aproximou dele é que ele reagiu, abrindo a porta do carro para
ela: “Vamos tomar o café da manhã antes de ir para o ponto de
encontro.”

“Sem problemas”, disse Su Le enquanto bocejava. Quando

ela descansou contra o assento, ela bocejou novamente.

“Não dormiu bem na noite passada?” Wei Chu perguntou

enquanto sorria.

 

“Sempre que viajo para algum lugar eu meio que sofro de
insônia na noite anterior”, Su Le semicerrou os olhos, “Sempre
que tenho que sair para brincar ou viajar a negócios no dia
seguinte, sempre acordo no meio da noite pensando no que
poderia acontecer no dia seguinte. Este meu problema não pode
ser resolvido.”

Wei Chu franziu a testa: “Então, que tal viajar longas

distâncias?”

“Acontece o mesmo”, Su Le se esforçou para manter os

olhos abertos, mas no final ela os fechou.

Wei Chu lembrou que no dia do casamento de Xiao Yao,

Su Le também parecia muito cansada. Então, ela tinha um
grande problema! “Você quer ver um psicólogo?”

“Não é grande coisa. Não há necessidade de tanto

alvoroço”, Su Le abriu os olhos e esfregou a testa. “Se um
pequeno problema como esse precisar de um psicólogo, deve
haver um monte de gente no país que precisa ver um. Hoje em
dia, as pessoas têm todos os tipos de doenças.”

Vendo que Su Le ainda estava bocejando, Wei Chu

perguntou: “Que tal mandá-la para casa em vez disso? Não
vamos hoje.” Mesmo que ele quisesse criar mais oportunidades
para eles interagirem, ele não teve coragem de forçá-la depois
de vê-la em tal estado.

“Não é nada, vou ficar bem daqui a pouco”, Su Le balançou

a cabeça, “Às vezes, quando preciso apressar um manuscrito,
fico acordada tarde da noite e ainda vou trabalhar pela manhã.”

Como Su Le disse isso, Wei Chu não insistiu em mandá-la

para casa e, em vez disso, parou o carro perto de um pequeno

 

restaurante antes de pedir dois cafés da manhã. Ele só ficou
aliviado quando viu Su Le se animar lentamente.

 

Quando chegaram ao destino, Su Le viu um grande campo

plantado com árvores. Havia uma pequena área que foi montada
com a churrasqueira e ao lado dela estavam algumas
arquibancadas bem montadas. Nas arquibancadas, havia
muitos temperos, carnes, verduras e frutas. Foi uma visão
confortável. Su Le suspirou pesarosamente, “vir a esses tipos de
lugares para fazer um churrasco realmente me faz sentir
culpada.”

Os ricos são tão pródigos, mesmo quando se trata de

churrasco. Su Le se lembrou de quando ela era jovem. Ela e
seus colegas grelhavam alguns caranguejos em uma caverna e,
naquela época, o único tempero era o sal de cozinha. Mesmo
que fosse apenas sal, eles tiveram que secretamente retirá-lo de
casa. Su Le imediatamente sentiu o aumento nos padrões de
vida, bem como a grande diferença entre ricos e pobres.

“Eles estão finalmente aqui”, disse Chen Xu, que estava

sentado ao lado de uma mesa, bebendo uma xícara de chá
enquanto os observava se aproximarem gradualmente, “Então,
devemos sair e jogar golfe ou algo assim? Ou devemos
permanecer e ser a terceira roda?”

[N/t: “ser a terceira roda” tem o mesmo sentido de segurar vela, ser a terceira
pessoa.]

Um gerente do sexo masculino engoliu um pouco de chá
antes de se levantar e disse: “Faz muito tempo que não jogo
bilhar. Vou jogar um pouco.”

 

 

Uma gerente também se levantou e disse a outra colega:
“Ouvi dizer que há um salão de beleza neste resort. Vamos para
o SPA, é chato só tomar chá.”

Chen Xu observou seus colegas irem embora um após o

outro e então olhou para as duas pessoas que se aproximavam.
Ele franziu a testa. “Devo também ir jogar bilhar?” Ele falava
consigo mesmo porque, afinal, a pressão psicológica seria
grande se ele sozinho se tornasse a terceira roda.

Su Le pensou que o dia do churrasco seria apenas grelhar

comida, mas depois de dar um passeio pela área percebeu que
também havia todo tipo de entretenimento e atividades de lazer.
“Oh erm, como é que eu não vi nenhum funcionário da sua
empresa ainda?”

Wei Chu a conduziu até uma mesa ao ar livre em estilo

europeu para se sentar. Um garçom veio rapidamente até eles.
Wei Chu pediu duas xícaras de chá preto antes de responder:
“Receio que todos foram desfrutar das diferentes atividades
disponíveis. O que você gostaria de fazer?”

Quanto mais luxuoso for um lugar, maior será a despesa.

Su Le de repente sentiu um pouco de pressão e pensou por um
momento antes de responder: “Acabamos de tomar café da
manhã, então vamos sentar um pouco antes de decidir.”

“Os benefícios do funcionário em sua empresa com certeza

são bons”, Su Le olhou ao seu redor e suspirou: “Na minha
empresa anterior, todas as viagens de um dia da empresa
normalmente eram passear em um parque. E para uma noite
fora, nós apenas íamos comer em um bufê barato. A diferença
entre nós é muito grande.”

 

 

“Só perdendo um pouco você ganharia algo”, Wei Chu viu
a expressão sombria de Su Le e sorriu: “Todos eles são
trabalhadores talentosos para a empresa, então é necessário
que eu gaste algum dinheiro e os trate bem para mantê-los
trabalhando na empresa. Uma vez que os benefícios do pessoal
na minha empresa são muito melhores do que em outras
empresas, não terei de me preocupar em perdê-los.”

“Senhor, senhora, aqui está o seu chá preto. Obrigada.”

Uma garçonete colocou o chá na frente deles, bem como alguns
refrescos artesanais na mesa, e Su Le agradeceu.

“Então é por isso que as pessoas dizem que você só pode

ganhar se estiver disposto a gastar”, Su Le ergueu as
sobrancelhas e deu um gole enquanto olhava para Wei Chu,
“Não é à toa que você se tornou uma pessoa tão bem-sucedida.
Pessoas como eu são incapazes, então só podemos ser os
trabalhadores”.

“Eu não me importo se você se tornar a senhora chefe da

minha empresa”, disse Wei Chu, como se estivesse brincando,
“Se você se tornar a senhora chefe, então todas as finanças e
autoridade serão suas enquanto eu cuido de todos os assuntos
de trabalho importantes.”

A expressão de Su Le permaneceu a mesma e ela

calmamente colocou sua xícara na mesa antes de olhar para
Wei Chu cuidadosamente de cima a baixo, “Sua empresa não
deveria estar devendo dinheiro às pessoas, certo? Além disso,
muitas pessoas que queriam agir de forma nefasta contra mim
não terão mais a chance de fazê-lo.”

O sorriso de Wei Chu ficou rígido. Ele sentiu que, ao

perseguir Su Le, seria melhor fortalecer seu coração um pouco
mais.

 

 

Depois de tomar chá por algum tempo, Su Le e Wei Chu

foram jogar golfe juntos. O que poderia ser considerado trágico
para Su Le era não conseguir colocar a bola de golfe no buraco.
Ela sentiu suas bochechas ficarem vermelhas de vergonha
quando viu a bola de golfe rolar para longe em outra direção, que
era diferente de seu caminho pretendido, repetidas vezes.

A autoestima de Su Le sofreu um golpe e ela parou de jogar

golfe antes de puxar Wei Chu para um fliperama. Lá, eles
começaram… a jogar basquete. Ela não podia jogar nenhum
jogo complicado, então o único jogo que ela podia jogar era
arremessar bolas de basquete em uma cesta que se movia
lentamente. Se ela conseguisse 18 pontos ou mais em 20, ela
poderia ganhar um urso de pelúcia.

Infelizmente, depois de arremessar 20 bolas de basquete,

ela só conseguiu colocar 4. Su Le sentiu que foi um erro vir aqui.
Hoje não é um dia de churrasco, mas um dia de greve contra a
confiança de Su Le. Ela estava com o coração partido.

“O que está errado?” Wei Chu, que saiu para atender um

telefonema, viu Su Le parada de lado com os ombros caídos.
Ele foi capaz de adivinhar o que aconteceu com um olhar para a
mesa de exibição que continha alguns brinquedos de pelúcia do
tamanho de um punho. “Você quer um?”

Su Le acenou com a cabeça e observou Wei Chu subir para

o jogo de basquete. Ela silenciosamente pensou: por que isso
parece tão familiar? Foi semelhante a uma cena de dramas,
quando o protagonista ganha um prêmio para animar a
protagonista feminina. Su Le, que não gostava daqueles dramas
melodramáticos de ídolos, não sabia se deveria ficar feliz por ter

 

tido a sorte de vivenciar tal cena ou se deveria lamentar sobre a
vida ser tão melodramática.

Ela até pensou que o Grande Deus Wei Chu colocaria

todas as 20 bolas de basquete e ganharia um brinquedo de
pelúcia. Era uma pena que ela só tivesse adivinhado certo pela
metade. Todas as 20 bolas de basquete foram atiradas, mas
apenas 18 entraram, mas Deus Wei não desistiu e continuou
tentando.

20 minutos depois, Wei Chu ainda estava lutando com o

jogo de basquete, enquanto Su Le já havia começado a jogar hit-
a-mouse*. Honestamente falando, quem teria o interesse de
continuar assistindo alguém jogar enquanto fica parado de um
lado como um idiota?

[N/t: *Hit-a-mouse é basicamente o jogo de acertar com uma marreta os
bichinhos que saem dos buracos.]

 

Embora suas habilidades de arremesso não fossem
grandes, as habilidades de Su Le em bater no mouse merecem
ser elogiadas. Depois de jogar algumas rodadas, ela finalmente
ganhou um brinquedo de pelúcia estrela do mar. Ao recebê-lo,
ouviu Wei Chu falando atrás dela: “Su Le, ganhei um brinquedo
de estrela do mar. Eu darei a você.”

Silenciosamente, Su Le se virou e olhou para o brinquedo,

que era ainda menor que o dela, nas mãos de Wei Chu. Naquele
momento ela não sabia o que dizer…

Quando Wei Chu viu um brinquedo na mão de Su Le, seu

coração se partiu e ele foi conversar com a equipe para uma
troca. Foi só depois de trocar por um brinquedo de cacto que ele
sentiu que havia recuperado uma pequena quantidade de
autoestima.

 

 

“Isso foi realmente trágico”, suspirou Chen Xu enquanto
balançava a cabeça em seu esconderijo. Ele tinha acabado de
vê-los no caminho de volta do kart. Chen Xu suspirou. Mesmo
que seu chefe seja um especialista em seu trabalho, sua sorte
em perseguir uma garota não é grande, especialmente com o
tipo valente como Su Le.

Seu chefe até fez coisas como cozinhar uma refeição para

ela pessoalmente, mas isso não foi capaz de mover seu
coração… Chefe, como você é indefeso, realmente, ah, tão
incapaz.

Su Le carregou os dois brinquedos de pelúcia para fora do

fliperama e sorriu enquanto dizia: “O brinquedo de cacto é muito
fofo.”

Wei Chu olhou para o brinquedo de cacto, que tinha uma

expressão sobre ele, “En”.

“Você só jogou uma vez e me ganhou o brinquedo, você é

incrível!” Uma jovem que carregava um brinquedo de cacto
sorria muito feliz e ao seu lado estava um menino, que parecia
ter 18 anos, parecia muito satisfeito consigo mesmo.

Su Le, “….”

Ela não queria olhar para a expressão atual de Wei Chu.

Depois de algum tempo, Wei Chu finalmente falou: “Já era

hora. Vamos fazer um churrasco.”

Relembrando as habilidades culinárias de Wei Chu, Su Le

balançou a cabeça: “Ok, todo mundo também vai?” Pelo menos
Wei Chu recuperaria sua autoestima.

 

 

“Eles deveriam estar correndo de volta”, Wei Chu sorriu,
mas assim que avistou o brinquedo de cacto novamente, seu
sorriso endureceu novamente.

Enquanto todos estavam jogando alegremente em seus

diferentes locais, todos os gerentes de departamento receberam
uma mensagem de seu chefe. [Churrasco!]

Olhando para o ponto de exclamação no texto, todos eles

ficaram quietos. Parece que a jornada de seu chefe em perseguir
uma garota não estava indo bem.