Início Post 1674-cap-9-capitulo-9

1674-cap-9-capitulo-9

Capítulo 9:

“Venha aqui e sente-se. Você gostaria de um pouco de café?
Eu estava prestes a tomar uma xícara.” – Disse Yuri.

“Sim, eu adoraria.” – Disse Anne-Marie.

Enquanto as duas meninas se sentavam frente a frente, os
olhares das pessoas ao redor não podiam deixar de se fixar
nelas. No entanto, tanto Yuri quanto Anne-Marie estavam
acostumadas a ter os olhos das pessoas sobre elas, então
continuaram o que estavam fazendo sem prestar a menor
atenção.

“Oh, e aqui está. Foi isso que você me pediu esta manhã.”

O saco de papel que Anne-Marie entregou continha remédios da
clínica. Yuri não achava que o que tinha em casa era o
suficiente, então quando se encontrou com Anne-Marie a
caminho do trabalho hoje, lhe pediu isso. Anne-Marie não fez
perguntas; ela pode ter acreditado quando Yuri disse que estava
apenas preparando os remédios no caso de uma emergência.

“Obrigada. Eu mesma iria buscá-lo quando saísse do
trabalho hoje. O custo…”

“Você não tem que me pagar. Você me dá café todas as
vezes. E, também, dá doces para Hestia sempre que a vê.”

Anne-Marie sorriu docemente e negou com a cabeça. Como ela
recusou com firmeza, no final, Yuri não pagou nada. Em troca,
Yuri foi especialmente cuidadosa ao preparar o café para Anne-
Marie.

 

Depois que Anne-Marie tomou um gole de café, seus olhos
verde-claros se arregalaram e Yuri ficou satisfeita.

* * *

“Srta. Yuri, você pode parar aqui por hoje.”

O tempo passou voando e em algum momento, chegou a hora
de fechar a cafeteria.

“Então, vejo você amanhã.”

Yuri se despediu e saiu da loja. Mas, à medida em que ela se
aproximava de sua casa, seus passos diminuíram. Ela não
queria ir para casa por algum motivo. Mesmo se os olhos
daquele homem estivessem abertos ou fechados, ela sentia que
ficaria irritada de qualquer maneira.

Como esperado, ela deveria simplesmente tê-lo deixado do lado
de fora?

Se ela soubesse que lidar com isso seria tão problemático.

Talvez o vilão cerrasse os dentes com isto, mas Yuri realmente
se arrependeu um pouco. Enquanto isso, a distância para sua
casa estava diminuindo gradualmente.

Click.

“…”

Consequentemente, a casa em que ela finalmente chegou
estava silenciosa.

 

Yuri caminhou em direção ao sofá da sala. Ao se aproximar, o
homem deitado nele ficou ainda mais visível. Seu cabelo loiro
estava espalhado na almofada, como um doce mel fluindo.

Seus cílios eram mais longos do que ela pensava e também
eram do mesmo tom de ouro de seu cabelo. As linhas rígidas,
mas delicadas de seu rosto estavam meio iluminadas pela luz, e
sua aparência era tão impecável que fazia você se perguntar se
foi isso o que a mítica Psiquê viu quando pôs os olhos em Eros
pela primeira vez.

Além disso, talvez porque a luz estava focada nele enquanto o
ambiente estava escuro, ou talvez porque seu rosto parecia
doentio, ele estava emanando uma espécie de charme
decadente. Se fosse outra mulher parada aqui agora, ela poderia
ter sentido seu coração disparar por um momento. Mas para
Yuri, este homem era apenas o vilão que veio para a casa
errada.

Ela abriu as roupas do homem e verificou seu corpo novamente.
Havia bandagens por todo seu corpo com sangue vazando por
elas. Ontem, ela percebeu que não só seu peito, mas seu
pescoço também estava machucado, então ela o tratou ali
também. O homem ainda não havia acordado. Considerando o
quão gravemente ele estava ferido, era natural.

Honestamente, Yuri achou que ele poderia morrer. Ela havia se
esforçado ontem, então seria uma pena, mas a vida ou a morte
de Lakis Avalon não era realmente importante para ela. Quando
ela voltou hoje, seu pensamento foi: se ele vivesse, ele vivia, se
ele morresse, ele morreria. Para ela, qualquer um dos dois
estava simplesmente fora de seu controle.

Mas aqui estava ele, sobrevivendo e respirando. Ao contrário do
romance, a heroína não estava aqui para cuidar

 

meticulosamente dele e ajudá-lo com todo seu poder. Nesse
ponto, você poderia dizer que ele tinha a resistência de uma
barata.

Yuri deu um longo suspiro e soltou o cabelo que mantinha
amarrado durante o trabalho. Então ela olhou o saco de papel
que Anne-Marie lhe dera no início do dia.

… Já que ele estava vivo, ela só poderia fazer o que conseguisse
novamente.

Parecia que quando ela o chutou no canteiro de flores ontem à
noite, suas feridas se abriram ainda mais. Enquanto Yuri movia
as mãos, ela se perguntava por que estava fazendo esse tipo de
trabalho para o vilão quando ela nem mesmo estava preparada
para isso. Então, apenas quando as pontas de seus dedos
tocaram o corpo do homem…

“Uff…!”

Naquele exato momento, o homem respirou fundo e seus olhos
se abriram. Ao mesmo tempo, um aperto firme segurou a mão
de Yuri. O torso do homem se ergueu enquanto seus músculos
densos ficavam tensos. Seu movimento foi apressado e brusco
como alguém que de repente acorda de um pesadelo.

Não parecia que ele tinha estado acordado todo esse tempo
apenas escondendo isso. Era mais como se sua consciência
fosse despertada no momento em que a mão de alguém tocou
seu corpo.

Seu cabelo dourado brilhante caiu suavemente na frente de seus
olhos. Porque o homem se levantou abruptamente, suas
respirações dispersas e as respirações superficiais de Yuri se
misturaram em um só lugar.

 

Deve ser muito doloroso devido à abertura de sua ferida, mas o
homem parecia não sentir nada disso. Não, era mais como se
ele não tivesse tempo ou chance de perceber isso.

Seus olhos se encontraram a quase uma polegada de distância
um do outro. Seus olhos azuis flamejantes piscaram
violentamente, como se fosse engolir tudo à sua vista. Yuri viu o
veneno queimando ferozmente em seus olhos. Parecia que
Lakis Avalon ainda não estava totalmente acordado, mas ainda
preso em um pesadelo.

“Deite-se.”

Uma voz baixa fluiu dos lábios vermelhos que estavam
firmemente fechados até agora. Mesmo nessa situação, sua voz
estava estranhamente calma e serena, fazendo com que se
sentisse uma estranha. Seus tranquilos olhos vermelhos não
eram diferentes de sua voz.

“Deite-se e volte a dormir.”

A voz calma e monótona parecia uma canção de ninar de certa
forma. Na realidade, não era nada como uma voz cantando.

“Pelo menos, não há ninguém aqui para ameaçá-lo agora.”

Depois de dizer isso, ela levantou a mão e lentamente empurrou
os ombros dele para baixo, enquanto o fazia, seu corpo de rocha
foi lentamente empurrado para trás. Finalmente, as brasas de
emoções em seus olhos azuis desfocados começaram a se
extinguir. Até a mão que segurava a mão de Yuri perdeu força e
se soltou. Depois de atacá-la abruptamente como uma fera,
Lakis Avalon adormeceu silenciosamente, como se tivesse
desmaiado novamente.

 

Um par de olhos vermelhos indiferentes observou sua aparência
em silêncio. A mão dela, que estava em seu aperto alguns
momentos atrás, doía como se tivesse sido esmagada. Mesmo
enquanto Yuri interiormente o amaldiçoava como um bruto
ignorante, ela o deitou no sofá adequadamente.

“…!”

Mas no momento seguinte, ela viu algo que a fez ficar rígida
como uma pedra.

“Este maldito-”

Yuri finalmente xingou em voz alta. Ela segurou a testa enquanto
olhava para as bandagens que agora estavam encharcadas de
sangue novamente.

‘A ferida… Abriu novamente. Gah, esse maldito vilão…’

Mais uma vez, Yuri considerou seriamente deixá-lo morrer de
verdade dessa vez, mas ela acabou suportando e gravou esse
assunto em seu coração.

Um fio fino saiu de seus dedos novamente. Foi outra longa noite.

* * *

Quando o homem acordou de novo, era madrugada do dia
seguinte. A essa altura, Yuri estava de pé junto à janela,
observando o amanhecer ao lado das cortinas semicerradas.

Então ela percebeu uma mudança na respiração atrás dela. E
quando se virou, ela encontrou o homem deitado no sofá com os
olhos abertos.

 

“Você está acordado.”

O sol ofuscante do lado de fora da janela espalhava generosos
raios de sol em seu corpo. Foi talvez graças a isso que a
expressão de Lakis Avalon pareceu um tanto deslumbrante
quando ele a olhou.

Seus olhos azuis semicerrados e rígidos observaram a figura de
Yuri em pé perto da janela, sem o menor movimento. Por alguma
razão, parecia que o fluxo de ar na sala havia mudado
sutilmente.

Depois de ver o homem, que prendia a respiração como se o
tempo tivesse parado, Yuri voltou seu olhar para a janela.

‘A luz do sol é muito forte para alguém que acabou de acordar?’

Swoosh.

Uma bela mão se esticou e puxou a cortina, bloqueando a luz do
sol que entrava pela janela. Felizmente, a luz que iluminava a
casa permaneceu acesa durante a noite, então ela não ficou na
escuridão completa.

“Como você está se sentindo?”

A mesma voz tranquila da noite anterior encheu a sala. Yuri se
afastou da janela e se aproximou um pouco mais de Lakis. Mas
ela parou a uma distância razoável. Embora ele estivesse
gravemente ferido, ele era o homem que era o rei do submundo
até recentemente. Não havia mal nenhum em simplesmente ser
cuidadosa.

 

“Sua ferida pode abrir, então não se levante de repente
como você fez na noite passada.”

Por causa da tranquilidade em sua voz, soou como um conselho,
mas na verdade era um aviso. Se Lakis se movesse
descuidadamente novamente e sua ferida se abrisse, ela não
planejava tratá-lo novamente.

Como ela poderia fazer aquele difícil trabalho pela terceira vez?
Ela se recusava.

Felizmente, parecia que ele entendeu o que ela estava dizendo
e não se levantou descuidadamente como fez ontem. Mas, por
um instante, quando seus olhos se encontraram, confusão
passou por seus olhos.